Hector se prepara para receber sua pretendente, a rainha Elleonora, de Hilgran. Seus pais apresentam-na a família, e todos os irmãos são bastante corteses, em especial Marcus. Após um breve almoço, aonde os galanteios de Marcus são ainda mais contundentes, a rainha sobe para seus aposentos, e a rainha de Falkart comenta que Hector e Elleonora fazem um belo casal. Marcus choca-se ao descobrir que não seria ele a se casar com a rainha de Hilgran, e expõem seus argumentos para representar a família nessa aliança. O rei de Falkart, Astor, resolve rever sua promessa de entregar a mão de Elleonora para Hector, o que desperta a frustração do mesmo, e o faz discutir com o pai.

Varys e Vector conversam na sala do trono, em Torgau, e o rei confessa ao amigo que tem medo do destino do reino. Varys sugere um conselho onde todos os reinos tivessem representação, e Vector demonstra gostar da idéia. Os dois recebem a notícia de que Frederick e Átila, o Leão do Norte, se aproximam da cidade, notícia seguida do anúncio de que Augustus e um servo, Diorgio, estavam no castelo.

Hector visita pela tarde Elleonora, e percebe que ela recebeu flores do irmão, Marcus. Pouco tempo depois, o próprio Marcus interrompe a tentativa de aproximação do irmão com a rainha de Hilgran, e constrange o guerreiro. Após Marcus sair, Hector ainda tenta galantear a rainha, que diz não poder se casar com ele.

Vector, Varys, Augustus, Diorgio, Átila e Frederick vão para uma sala privativa, e o Leão expõem os graves problemas aos quais suas terras estão submetidos. Augustus prontamente oferece o auxílio de Diorgio, mas Átila recusa-se a aceitar um morto-vivo nas terras de Hilgran. Varys media a discussão, e convence Vector a enviar Frederick como o auxílio de Torgau. Diorgio ofende o sobrinho do rei, e Vector o expulsa da reunião. A tensão aumenta com a discussão entre Átila e Augustus, e o general abandona a reunião anunciando que irá intervir em Hilgran, com ou sem a permissão do rei. Vector e Varys decidem enviar mensageiros aos sete demais reinos, avisando que caso Augustus ou qualquer um de seus homens deixe o território de Torgau, será considerado desertor.Vector e Varys alertam o Leão de que Falkart tem relações estreitas com Cormanthor, o que frustra a confiança de Hilgran com o rei de Falkheart. Átila agradece as tropas cedidas, bem como os recursos materiais, e parte com Frederick para defender suas terras. Varys envia alguns de seus espiões com eles, além de contatar Malakay e convidá-lo a visitar Torgau e colocar espiões para vigiar pessoas importantes da cidade.

Após chegar de volta a Hilgran, o Leão convoca uma reunião com seus conselheiros e coloca a união de Falkart e Hilgran como uma tentaviva do outro reino de usa-los para fins mesquinhos. Elleonora e dois dos príncipes de Falkart, Marcus e Hector, chegam a Hilgran afim de finalmente unir os reinos. Átila diz, em privado, que ela não poderá se casar com um herdeiro de Falkart, e pede sua mão em casamento para si. Os dois se beijam, e a rainha, visivelmente feliz, decide acatar o pedido do seu conselheiro.

Anúncios